• Horário de atendimento no período de férias: de segunda à sexta, das 14h às 20h.
Publicado em: 01/02/2021

Curso de Sistemas de Informação é reconhecido com nota 4 pelo MEC

A graduação em Sistemas de Informação das Faculdades Integradas Rio Branco Granja Vianna foi reconhecido pelo MEC e obteve nota 4 no processo de avaliação. O curso oferece aos alunos uma visão de tecnologia voltada aos negócios. Ao unir conceito às ferramentas da atualidade, o curso apresenta a essência das melhores práticas e possibilita uma rápida adaptação para as novas soluções. 

De acordo com dados do Banco Mundial, até 2024 está prevista a criação de mais de 420 mil novas vagas nas áreas de SI, TI, Ciências da Computação e outras relacionadas.

Para vestibulandos e interessados em investir em um curso superior e aproveitar o momento pós-pandemia, que promete um aquecimento em razão da necessidade da retomada da economia e de uma reformulação nas relações e no próprio mercado de trabalho, o curso de Sistemas de Informação das Faculdades Integradas Rio Branco Granja Vianna oferece aos alunos uma visão de tecnologia voltada aos negócios. 

“O aluno Rio Branco tem contato com as principais ferramentas da atualidade, mas sem perder de vista a chamada ‘base do conceito’. Essa junção da base do conceito com as ferramentas da atualidade traz para os alunos a essência das melhores práticas, possibilitando uma rápida adaptação para as novas soluções que surgem a todo tempo”, explica Wagner Tadeu, coordenador de Pós-Graduação e Ensino a Distância das Faculdades Integradas Rio Branco Granja Vianna. 

De acordo com o coordenador, a entrada de vários setores no meio digital foi e será um caminho sem volta. O retorno ao atendimento presencial, pós-pandemia, não eliminará o canal estabelecido no ambiente virtual, pelo contrário, muitos empresários perceberam que podem e devem ampliar a sua atuação para além do seu espaço físico.

“O profissional de tecnologia deverá sempre buscar atualização em tecnologias que possibilitem a transformação do físico para o digital, principalmente nas soluções voltadas para aplicações móveis. Isto possibilita não apenas a transação consumidor x empresa, mas também faz com que os colaboradores possam atuar remotamente, tendo em suas mãos as ferramentas transacionais e, principalmente, o foco na segurança da informação”, afirma Tadeu.